Brasil avança em ranking de melhores emergentes

Brasil avança em ranking de melhores emergentes

O Brasil apesar de ter melhorado sua posição no ranking do Bank of America Merrill Lynch sobre os mercados emergentes mais fortes, ainda segue como um dos “três frágeis”, junto com a Turquia e África do Sul.  O ranking leva em conta indicadores econômicos e de estabilidade financeira.

O estrategista do BoFA para emergentes, David Hauner, afirmou em um vídeo comentando sobre o relatório que foi divulgado nesta terça-feira, dia 12, que “O Brasil conseguiu superar a África do Sul e a Turquia desde o último levantamento, feito há seis meses”.

Considerando o ranking um dos dez principais emergentes, a Turquia está em nono, já da América Latina, o destaque é o México, na sexta colocação.

Porém, mesmo com a melhora de posição do Brasil no ranking, ele ainda deve ter o segundo pior desempenho do PIB este ano entre os emergentes monitorados pelo BoFA, a retração prevista é de 3,5%, atualmente menor apenas que o da Venezuela (-7%).

O BoFa avalia 70 indicadores econômicos, incluindo crescimento do PIB, inflação e de estabilidade financeira, incluindo dados do setor bancário, para montar o ranking. Ao todo, são avaliados 4 mil indicadores para 56 mercados.

 

Para mais informações sobre palestras e outros eventos curtam a página no Facebook e sigam o perfil no Twitter.