Condenamos Tentativa de Golpe

Condenamos Tentativa de Golpe

   Na noite de sexta-feira, dia 15 de julho de 2016, os acontecimentos, na Turquia, envolvendo as Forças Armadas Turcas, foram noticiados como uma tentativa de golpe militar.

   Condenamos veementemente qualquer intervenção militar na administração política. Somos contra qualquer tipo de golpe. Esperamos que esses acontecimentos não causem mais perdas de vidas, não aumentem ainda mais a polarização na sociedade e que não levem à Turquia a um conflito generalizado.

   O governo da Turquia está aproveitando dessa tentativa de golpe para fazer uma "limpeza geral" em todos os órgãos públicos, demitindo, expulsando e até prendendo pessoas, assim como havia sido dito à imprensa logo no final da tentativa golpe. Foi divulgada uma lista contendo os nomes de acadêmicos, jornalistas, empresários, policiais, funcionários públicos, juízes, militares e governadores que sem abertura de processo, sem julgamento e sem defesa nenhum, estão sendo demitidos, expulsos e presos, isso incluindo as que não tiveram nada a ver com a tentativa de golpe.

   Estamos profundamente preocupados com os empresários de todos os pais e principalmente os associados da TUSKON – Confederação de Homem de Negócios da Turquia.

   Expressamos nossas mais sinceras condolências aos familiares dos dezenas de falecidos nos confrontos e desejamos uma recuperação rápida aos centenas de feridos. Torcemos para o breve retorno e triunfo da democracia, da paz e dos direitos fundamentais na Turquia.

 

   Para mais informações sobre palestras e outros eventos curtam a página no Facebook e sigam o perfil no Twitter.