Agricultura

Agricultura

Agricultura e alimentos

 

Com as suas condições geográficas e clima favoráveis, a Turquia é considerada como sendo um dos países líderes do mundo em matéria de alimentação e agricultura.

 

Os esforços de reestruturação que começaram no início de 1980, juntamente com uma série de reformas, como privatizações e a redução de barreiras ao comércio no sector agrícola, resultaram em um mercado interno que é hoje parte integrante da economia mundial.

 

A Turquia tem uma grande e crescente indústria alimentar e de agricultura que corresponde, no global, a 9 por cento do valor agregado bruto (VAB) e a um terço dos níveis de emprego no país em geral.

 

Os pontos fortes da indústria incluem o tamanho do mercado com relação à população jovem do país, uma economia dinâmica do setor privado, a receita substancial do turismo e um clima favorável.

 

A Turquia tem uma população de 76 milhões de pessoas e está aumentando com uma receita crescente. Isso faz com que a Turquia seja um dos maiores mercados em sua região e com que as mudanças de hábitos do consumidor da nova geração mais nova impulsione o consumo doméstico.

 

Consequentemente, a indústria de alimentos da Turquia tem registrado um crescimento constante nos últimos anos, com os consumidores turcos se tornando cada vez mais exigentes, impulsionados pela grande quantidade de atacadistas e varejistas. O aumento da renda disponível e os padrões de consumo em mudança, juntamente com o aumento do número de mulheres no mercado de trabalho em tempo integral, todos têm levado a um aumento do interesse da procura por alimentos embalados e processados, tais como refeições prontas para consumir e alimentos congelados.

 

A Turquia é o líder mundial na produção de figos secos, avelãs, uvas passas e damascos secos. Ela tem a maior produção de leite e laticínios da região. Além disso, a Turquia tem um total estimado de 11.000 espécies de plantas, enquanto que o número total de espécies na Europa é de 11.500.

 

Enquanto a Turquia está se tornando um dos maiores mercados para os produtos de panificação com seu pão - um elemento importante da dieta turca - para os produtos do subsetor lácteo incluindo leite, iogurte, queijo, kefir e ayran (uma bebida feita de iogurte e água) são parte integrante da dieta tradicional turca. Tradicionalmente, os produtos artesanais e a granel dominavam o mercado lácteo turco, impedindo um crescimento generalizado, mas também oferecendo um potencial para os investidores.

 

Este potencial faz com que a Turquia esteja entre as primeiras opções para sede e centro de abastecimento regional das maiores empresas mundiais. Na sua região, a Turquia tem um forte domínio na produção e exportação de muitos produtos agrícolas, como avelãs, damascos secos, passas e figos secos. Além disso, a indústria de alimentos da Turquia está muito mais desenvolvida do que a dos países vizinhos. Tendo em conta estes fatores, o país é um dos maiores exportadores de produtos agrícolas na Europa Oriental, Oriente Médio e Norte da África (EMEA), enquanto que a sua balança comercial é significativamente positiva. Com exportações crescentes, a indústria agroalimentar registrou USD 5.6 bilhões de superávit comercial em 2014.

 

A Turquia oferece um conjunto de facilitadores para potenciais investidores agroalimentares; o mecanismo de suporte do governo turco inclui regulamentos favoráveis, estrutura tributária, mão-de-obra competitiva e incentivos ao investimento.

 

De acordo com a McKinsey and Co., a Turquia oferece oportunidades significativas de investimento, especialmente nos subsetores do agronegócio, como frutas e processamento de vegetais, rações animais, gado, aves, laticínios e alimentos funcionais, aquicultura e facilitadores (em particular da cadeia de frio, estufas, irrigação, e fertilizantes).

 

Como parte de suas metas estabelecidas para o setor agrícola, até 2023 a Turquia pretende estar entre os cinco maiores produtores a nível mundial. A visão ambiciosa da Turquia para 2023 contempla outras metas grandiosas, incluindo:

 

  • USD 150 bilhões produto interno bruto agrícola
  • USD 40 bilhões de exportação agrícola
  • Tornando-se um dos cinco principais países em termos de produção agrícola
  • 8,5 milhões de hectare de área irrigável (a partir de 5,4 milhões)
  • Alcançar o número um em pesca, em comparação com a UE

FONTE : www.invest.gov.tr

Mais  Informações  :   [email protected]